BLOG

JÁ SEGUE O IDEARKITETURA NO INSTAGRAM?

EMPREENDIMENTO PRIME REALEZA

March 1, 2017

 

 Foram 15 dias de muito trabalho, aprendizado e desafios. Sempre gostei de me jogar no novo, em busca de projetos diferentes que possam me fazer crescer e desenvolver novas habilidades. Acho que essa diversidade de projetos, programas utilizados e rotina de trabalho é minha maior marca como profissional e um diferencial de conteúdo para o IDEA.
Quando recebi a proposta para participar da campanha do "Prime Realeza" não imaginava o quanto ia me envolver com esse projeto. Desde criança coleciono folders de empreendimentos e poder fazer parte da elaboração de um foi uma grande realização.
Agora, com campanha encaminhada e site no ar, veja todo desenvolvimento das
imagens, o processo criativo do paisagismo e projeto de interiores feitos por mim!! Quem acompanha no snap > idearkitetura < viu de pertinho todas as etapas desde o início, mas agora vou colocar aqui, tudo detalhado pra vocês.
Os programas utilizados, as dicas principais, organização das etapas e muito mais!! Um trabalho desenvolvido com muito amor, em cada detalhe!

Um arquivo em dwg com o projeto já aprovado na Prefeitura. Foi essa planta que recebi da arquiteta responsável pelo projeto. Sem muitas especificações e detalhes, minha missão era pegar essa planta e elaborar todas as imagens em 3D para campanha publicitária. Uma implantação com 10 residências - sobrados - e uma área lateral livre. Foi aí que começou meu processo criativo. Aproveitar esse espaço para áreas de convívio e principalmente: vender o projeto. Atrair o cliente!

Aproveitar o sol e ter aquela vista agradável da varanda foram minhas prioridades. Usei toda lateral - em formato triangular - ao máximo! O muro de divisa se tornou peça coringa do paisagismo, depois vocês vão entender melhor!!!
O pergolado, proposto inicialmente no projeto ficou no limite entre a área de convívio e estacionamento. Uma jardineira de altura média setoriza bem essas duas áreas.
Beirando a calçada em frente ás casas coloquei bancos simples de madeira enfileirados visando a praticidade e uso dos moradores. Luminárias de piso entre eles garantem a claridade necessária também na entrada das residências.
Pisadas em pedra direcionam o morador para usar todo espaço gramado atendendo as normas de permeabilidade exigidas.

 

- as imagens foram feitas no sketchup e renderizadas no v-ray;
- a paisagem, ao fundo foi colocada com o programa "Photofiltre" uma espécie de Photoshop, só que mais leve e fácil de usar. Lembrando que, para que você consiga colocar a imagem por baixo, no v-ray você precisa salvar a cena renderizada no formato "png";

- o telhado, foi feito com o plugin "Instant Roof" com configuração de cor e inclinação conforme projeto aprovado;

 

Antes de iniciar qualquer projeto, você precisa sentar e organizar as ideias. Ver o que é prioridade e quais objetivos principais.
Fluxograma, diagrama de bolha e derivados são os melhores esquemas pra você começar a enxergar todo processo. Assim, você lista as dificuldades e vai partindo para os itens menores e mais fáceis para iniciar.
Comecei vendo quantas pessoas usariam o terreno como um todo. Moradia + área de convívio. Feito isso, separei o que deveria ter nessa área e como ela poderia ser útil aos moradores.
NADA em um projeto pode ser feito sem um priopósito pensado anteriormente. Por isso, chama-se PROJETO! Ou seja, forma, função, espaços, uso, fluxo...tudo o que aprendemos, tudo o que estudamos DEVE ser colocado em prática. Nenhum item pode ser esquecido, afinal a boa ARQUITETURA é feita do conjunto de conceitos bem aplicados aliada a uma boa ideia.

A pós-produção das imagens renderizadas são fundamentais para um trabalho entregue com qualidade. Que tal ver a vista real da rua do empreendimento na imagem? Ao invés de pegar uma paisagem fake, entre no google e vá até o terreno pelo street view. Printa a tela e pronto, coloque como fundo! Simples e aquele detalhe que faz toda diferença.

Além de organizar as etapas de trabalho, parei e organizei o que eu sabia fazer. O projeto como um todo era um desafio. Algumas partes dominava bem, outras tinha uma noção já certos detalhes, como planta humanizada naquele estilo de folder jamais tinha feito!!
Hoje em dia, só não consegue fazer algo quem não quer. Com vídeo aulas, tutoriais e dicas dos meus seguidores 💛 consegui aumentar minhas habilidades nos programas mais usados na área: sketchup, v-ray e Corel.
Ter essa visão logo no início, separar as etapas e se preparar para cada uma delas garante o bom desenvolvimento do projeto, diminui falhas e evita atrasos.
Planejamento é algo FUNDAMENTAL em qualquer trabalho, seja na prática ou na teoria.

 Vista da varanda da suíte

Como disse ontem, o muro de divisa foi item fundamental na elaboração da área de convivência. Com distância de 2.50m entre eles, alternei vegetação e bancos por toda extensão.
Um espelho d'água, no centro do desenho cria uma atmosfera ainda mais agradável.
Muitos me perguntaram durante o desenvolvimento do 3d: "mas seu arquivo não trava? Vegetação é sempre pesado, são muitos blocos..."
O segredo, é encontrar o bloco certo! Existem dezenas de modelos parecidos na warehouse e a dica é: se já está demorando pra baixar, parte para outro! Busque blocos leves que abram com facilidade. A chance dele travar seu arquivo é bem menor!

 Vista da área de convívio

O layout já existia, segui o modelo do projeto aprovado. Quando você tem um cliente "físico" é mais fácil desenvolver o projeto de interiores baseando nas conversas, nos gostos, no perfil dele e da família.
Mas, e quando você precisa agradar a maior quantidade possível de pessoas que você nem conhece??
Apartamentos decorados e imagens modelo para venda tem esse desafio para o profissional. Por isso, foquei na paleta de cores neutras que são coringa e agrada muita gente - inclusive eu!
Ousar com cores e algo mais específico seria arriscado. Consegui chegar no resultado que pretendia de deixar o ambiente aconchegante e bonito sem muitos detalhes!!

Na suíte do casal segui a mesma linguagem dos outros ambientes. Uma paleta de cores neutras em busca de conforto. Espelhos para dar mais amplitude ao ambiente e uma prateleira para os adornos. Simples e funcional. Na porta da varanda, a vista real da área de convívio no térreo. Tem coisa melhor do que já se sentir vivendo no ambiente? 

 

Outro ângulo da sala, o painel da TV foi desenhado especial para esse projeto, recuei da porta pensando no fluxo adaptado ao layout existente. Ambientes integrados e espaços funcionais.

Uma área de serviço pequena, com um cantinho pra churrasqueira. Como aproveitar melhor o espaço? Criando uma bancada em "L" para uso em ambas situações. Uma pequena horta vertical fecha a composição dessa vista, mas tem mais! 

Uma cozinha ampla com bancada ao centro. Mas, se eu pudesse alterar o layout faria de outra forma. Fogão colado de canto com a pia não é muito funcional, e a ilha poderia ter uma função maior do que simples bancada. Já nas cores, mantive a paleta neutra na mesma linguagem dos ambientes da casa. Um mesmo ambiente pode ter diversas opções de uso e layout. Cada um projeta e escolhe o que mais lhe agrada, mas alguns detalhes são determinantes.

 Outra vista da área de serviço / gourmet

 

Compartilhar
Curtir
Please reload

Please reload

  POSTS RECENTES  
  FACEBOOK  
  YOUTUBE  

PÓS-PRODUÇÃO: COMO COLOCAR PAISAGEM DE FUNDO

COMO EU ILUMINO A CENA NO V-RAY EM CINCO MINUTOS

AS 5 REGRAS QUE VÃO FACILITAR SUA VIDA NA HORA DE MODELAR

50 PASSOS: #IDEAespecialTCC

1/2
Please reload

KARINA MARINHO

WRITER

QUEEN BEE, arquiteta, urbanista e professora universitária. Perfeccionista ao extremo, ama ensinar e faz isso por vocação. Vive e respira arquitetura, tendo ela como seu principal estio de vida.